Mulher no volante, perigo constante!

 

Obs.: Meninas, o título não expressa revolta contra nossa classe nem tampouco desvalorização. Leia o texto rs.

Pois é. Eu nunca tinha visto um texto começar com uma observação, mas achei necessário para que minhas queridas companheiras não se revoltem contra mim rs. Hoje, e só hoje, eu hei de concordar com a frasesinha machista que os homens adóóóóram utilizar.

Estava eu pensando esses dias: Em breve nascerá uma mulher tão linda como eu (cof cof! rs) que vai dar mais prejuizinhos por causa de acidentes bestas com uma Doblõ. Já que não adianta eu dizer que esse bendito e único carro que cabe a minha família toda tem inúmeros pontos cegos, o que faz com que eu não enxergue naaada lá atrás, eu admito:  Sou barbeira, melhoro quando puder.

A última foi culpa do Taivan e da Maitê (run), que não deixaram eu perceber que bati no carro estacionado em frente a minha casa enquanto saia pra ir pra faculdade. Obs2.: Nunca parem o carro em frente a minha garagem. (Observação no meio do texto também vale). O que me impressionou foi o bafafá que estava quando eu voltei. Viatura, dez pessoas de um lado e dez do outro. Tudo se resolveu, com o meu bolso doendo, é claro, porque o amassado era tão pequeno que era muito mais barato que a franquia do seguro. Mas…vamo assumir a consequência do erro, né gente?

Mas, como se diz: da primeira vez a gente nunca esquece.

Não mesmo, principalmente se foi na saída da garagem com o carro recém chegado da concessionária e você arraaaanca o retrovisor porque bateu no portão (Ah, mas me dá um desconto. Quem conheceu a casa da 14 sabe que a garagem era uma belezura). Chorei, chorei, chorei. Naquele momento eu choraria eternamente. Pra sempre. Forever and ever. Meu pai ia ficar bravo comigo. Não sei o que é isso que homens têm com carro, futebol e etc…mas isso é assunto pra outro post. Na verdade estava enganada, ele não ficou bravo e sim extremamente, amargamente, dolorosamente bravo. E eu? Chorei, chorei, chorei…tinha mais o que pra fazer?! Os sangues esfriam e aí a gente chega a conclusão de que essas coisas acontecem com todo mundo. Só que dessa vez, o Raimundinho pagou. Prejuizinhos bestas que custam caro. Rs

 

E Deus, hein? Paizãão que ele é. Já pagou a conta antes dos ‘prejuizinhos’ que causaríamos. Inventou a moda de confiar o carro zero pra gente dirigir sem se importar com a garagem. Sabe o que é engraçado? No dia da primeira vez eu jurei de pé junto que nunca, nunca mais iria botar a mão no carro do meu pai. Não só botei como já bati outras vezes! E quer saber, ele não me deserdou por isso. É claro que umas broncas dali, outras daqui…mas ele continua me amando.

 

I João 1:9 diz: “Se confessarmos os nossos pecados,

Ele é fiel e justo para nos perdoar de todo pecado e nos purificar de toda injustiça.”

 

Eu não vou sair por aí e bater o carro em todo mundo que eu ver na frente. E nem vou fazer isso com o pecado. Pecado é erro de alvo. Pecado deve ser um acidente, não um hábito. E a gente não pode querer fugir do Pai por tê-lo cometido. A gente corre, e pede perdão…pagando as contas, se você já é grandinho o suficiente pra isso.

 

Beijo que tenho que ir (de Doblõ) pra facul.

 

 

Anúncios

Sobre Mari Veiga

Oi! Tenho 27 anos, sou pastora evangélica, Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Carisma e pela Faculdade Unida. Também sou teacher! Dou aulas de inglês e amo fazer isso! Sou casada com um cara charmosíssimo e, juntos, somos discípulos de Jesus. Moro em Palmas, no Tocantins. Se quiser falar comigo, mande e-mail para mariannaveiga@hotmail.com
Esse post foi publicado em Eu e Deus. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Mulher no volante, perigo constante!

  1. mauralelis disse:

    Ops, já nasceu menina mais linda e mais barbeira que voce: eu! AHuahuahauAHu. Pior é sofrer acidentes bestas e gastar o olho da cara, morrendo de chorar e de se sentir estúpida. Pior AINDA é aguentar a cara da pessoa, a te chamar veludamente de burra! Meu carro já sofreu 2 acidentes em 9 meses, mas em um deles era a minha irmã (rum) quem estava dirigindo.. O outro foi pura distração minha e muito chato.. como vc disse: chorei chorei chorei.. rss

  2. Lucas Pacheco disse:

    EIiiiiiii maryyy

    que terror essa batida……

    mas enfim quero comentar an verdade todo o blog
    que achei show de bola
    sou seu fã

    abração

  3. Stella disse:

    rssrs….. massa Mari… ri muito…rsrsr
    Agora posso matar um pouquinhu da saudade lendo akiii!!
    te amo… te amo.. te amo!! rs

  4. luzinha disse:

    rsrsrs… olha genet da segunda vez do acontecido da Dobloooooooooo eu etava presente…rsrsrs
    Havia cabado de chegar em Palmas, mas dessa vez a culpa foi todo do motoqueiro, né amiga?! Quem mandou parar no sinal amarelo, ne´?! É que aqui em Palmas, amarelo significa : Atenção, passe ! e não Atenção, Pare! rsrsrs

  5. Vânia disse:

    – eu adoooro isso aqui!

    e eu tbm me perguntei pq um carro tão grande.. rs.
    tantas cabecinhas… agora ta explicado.

    saudade, saudade.
    =**

O que você pensa sobre isto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s