Papelarias

Ontem uma amiga me falou de uma papelaria que está vendendo tudo a preço de custo porque foi vendida. Fui levar o carro pra arrumar a pastilha de freio (eu entendo de carro ta? rs) e aproveitei o intervalo pra dar uma passadinha por lá, pra ‘curiar’ as coisinhas. Na infância eu amava ir em papelarias antes do começo das aulas. Adorava pelo menos ver aquele tanto de coisa colorida nas prateleiras: lápis, mochilas, adesivinhos da moranguinho, canetinhas mágicas e caixas de lápis de cor com 258 cores da Faber Castel.

Andando entre as prateleiras tive uma emoção súbita: avistei um pacote de papel de cartas! Sempre, na hora do recreio, os meninos iam bater figurinhas de futebol e todas as meninas saiam da sala de aula com aquelas pastonas cheeeias deles, para trocá-los com as outras, e eu me lembro bem das regras: um grande se trocava por quatro pequenos, ou dois médios. Um médio por dois pequenos. Se fosse importado, não importava o tamanho, valia mais. Se tivesse cheirinho, também.

Garfield

Me lembro de um dia tão feliz! O dia em que meu pai comprou de aniversário pra mim uma pasta cheia de uma moça que estava vendendo numa conferência pra ajudar a equipe dela. Fui pra casa e fiquei as três semanas seguintes analisando, contando e cheirando todos eles.

Ê Ciumêêêra danada! Não, não e não. Nem adiantava vir pedir: “não troco, não vendo, não dou e não deixo mexer”. Aí, ficaram guardados e os anos de passaram. Passaram, passaram e estão todos ali, no meu guarda-roupas, dentro da mesma pasta, na mesma posição, com os mesmos cheirinhos…e nunca fizeram jus ao nome: papel de carta. Quem sabe não dou eles pra uma menininha um dia. Enquanto isso deixe-os lá!

Mas falando nisso, tem gente que não tem/teve papéis de carta guardados. Tem gente que brincou tanto na rua que nem teve tempo pra essas ‘frescuragens’. Isto é coisa de quem foi criado no carpete. Mas tem gente que tem pastas e pastas cheias de dons. Dons natos ou descobertos mais tarde que estão engavetados há muito tempo.

O meu maior receio era de alguém vir pegar e amassar os papéis. Caso isso acontecesse precisava passar o papel com ferro pra ele voltar ao eixo normal. Dava um trabalhão. Eis o grande motivo pra que escondamos o dom:Medo de pessoas que não sabem valorizar, admirar e cuidar daquilo que a gente considera importante pra nós. Depois, haja paciência pra desamassar para que o dom volte a ser reutilizado sem o medo de ser afetado de novo, né?

I Coríntios 7:7 “No entanto cada um tem de Deus o seu próprio dom; um, na verdade, de um modo; outro, de outro”.


Os meus papéis de carta são diferentes dos seus. Isso significa que eu não sou você e você não sou eu. Tem gente que tenta sugar por osmose o dom de outra pessoa. Isso não é possível. Se Deus não fez ninguém igual não vá tentar copiar,ok? Pirataria é crime! Vá tirar os seus dons da gaveta e usufruir deles. Além disso, não troque seu dom por nada, mesmo que a outra opção seja ‘importada e com cheirinho’.

Dom não é pra contentamento pessoal, apesar da gente se sentir pleno quando está fazendo o que gosta. Dom é pros outros. É algo que você sabe fazer, que vai completar o que o outro sabe fazer. Dom é pra servir. É pra se arriscar, deixando que a vida escreva, mesmo que o corretivo seja necessário de vez em quando. É se deixar amassar, pra virar um aviãozinho e voar até onde precisa chegar.

O seu dom é pra mim, e o meu dom, pra você.

Quanto aos meus papéis de carta…podemos negociar…

=*

Anúncios

Sobre Mari Veiga

Oi! Tenho 27 anos, sou pastora evangélica, Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Carisma e pela Faculdade Unida. Também sou teacher! Dou aulas de inglês e amo fazer isso! Sou casada com um cara charmosíssimo e, juntos, somos discípulos de Jesus. Moro em Palmas, no Tocantins. Se quiser falar comigo, mande e-mail para mariannaveiga@hotmail.com
Esse post foi publicado em Eu e Deus e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Papelarias

  1. LFR disse:

    Lindo seu texto !! Adorei pois realmente descreve a época da infância e as trocas eram assim mesmo !! Até hoje coleciono papéis de carta.

  2. mauralelis disse:

    amiga, eu tbm tinha minha pastinha (ainda tenho, está embaixo da minha cama, bem guardada) de papéis de carta. Adorava trocar ou só ficar mexendo neles, toda orgulhosa. Isso é a cara da minha infância (duvido que as crianças de hoje vivenciem isso hoje, é uma fase tão boa essa de mercancia com papéis de carta rss)!

  3. maitê disse:

    méury.. isso tudo o que você escreveu me fez lembrar da minha coleção de folha de fichário, tenho dó de usar.. são todos tão bonitinhos e difícies de ser encontrados..
    e me fez lembrar também que EU, como uma irmã mais nova, sempre quis ter essa coleção de papel de cartas sua e sempre pedi mas você sempre me respondia com um N-A-O-~ . bem como a coleção de cartão telefônico que HOJE está CO-MI-GO..rs .. assim como consegui os cartões, um dia, ainda conseguirei os papéis de carta! rs

  4. Kris disse:

    CARACAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA AMIGA

    Muito bom mesmo….. me lembrei das minhas pastas de papel de carta, não que eu era uma menina de carpete….. mais coisas de mae rsrsrsrs….

    è bem assim né que funciona…. te amo…..

    ta continua escrevendo sou sua fã rsrsrsrrssr

  5. Amandinha =] disse:

    oi mariii…

    nossa muito massa seu bloggg…

    criativa vc heimmm …

    Parabens seu blog ta muito massa…

    boa semana pra v c viu ….

    bjssss…

    =]

  6. lendo isso, me lembrei de quando te perguntei como vc aprendeu a escrever, ou se isso era dom mesmo…rs
    =]
    admiro esse de escrever… porém ainda não o tenho…rs
    E sinceramente.. não sei se terei ^^
    Maaas…aprendi lendo isso aqui, que o seu dom me completa =D~
    Eu gosto de vir aqui e ler. Continua firme aí no propósito. Vc leva jeito mocinha…hehe
    Quanto aos papéis de carta… aaahhh me vi nessa histórinha..rs
    Eu era [sou] assim com os meus :D
    Tenho uma pastooona com um monteee tmb^^
    Quem sabe não trocamos né…rs
    Nunca escrevi neles, prq dá uma dóóó… :/
    Tinha um apego tããoo grande por eles, porém, foi só o handball aparecer na minha vida, eles ficaram em 2º plano. rs
    kiss
    semana abençoada

  7. kleiton disse:

    Bons textos viu???
    Esses dias tentei comentar em um, mas a net não ajudou…
    Continua firme no ofício, tendo em mente que a prática leva à perfeição.
    bjn, e boa tarde..

O que você pensa sobre isto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s